Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

iTUGGA

Blog de um português...

iTUGGA

Blog de um português...

31 de dezembro, o dia das mentiras

O início de um novo ano é, com certeza, um momento importante para fazer reflexões sobre como foi o ano anterior, ponderar sobre o que mudar e onde melhorar no ano que está a começar. O último dia do ano é aquele em que afirmamos convictamente a maior mentira que dissemos a nós próprios: "Ano novo, vida nova", mas… problemas antigos! 

 

Iremos deixar de fumar, mas o próximo cigarro é que é o último. Vamos fazer dieta, mas as bolas de berlim é que nos chamam. Queremos acabar com os créditos, mas está a sair o novo smartphone com três câmaras, oito cores e aplicações que dão para limpar o anus. Prometemos passar mais tempo com a família, mas há sempre a aquele jogo de futebol, aquele jantar de colegas de trabalho. Hoje, é o dia que esquecemos as desculpas que demos ao longo do ano, as mesmas que vamos repetir para o ano. Feliz Ano Novo... mesmo com as mentiras antigas.

Discurso de Natal do Primeiro-Ministro

Não é a primeira vez que numa mensagem de Natal António Costa elege um único tema para comunicar com os portugueses. O mesmo já acontecera em 2016, quando escolheu a Educação. Esta intervenção de Natal monotemática é mais do mesmo.

Falando a sério, onde está a mensagem de Natal? Tudo espremido o que é que sai daquele momento de propaganda mal-amanhada? Somos todos burros senhor Primeiro-Ministro?

Que venha 2019

Não vou fazer uma cronologia de 2018 ou recordar um ano que quero esquecer. Neste planeta em que os ricos estão mais ricos e as diferenças sociais são cada vez maiores, ainda se morre de fome, ainda se mata por ódio, difícil de entender. 2018 fica marcado pelas Catástrofes humanitárias de tal forma que por momentos pensei ter regressado à idade idade média. 2018 vai fechar-se sem sorrisos, sem alegria. 2018 foi um ano de perdas, de choro e algumas gargalhadas, mas não vai deixar saudade. Que venha 2019 e nos traga um sorriso e a alegria que tanto precisamos. Estejas onde estiveres, sei que estarás à meia-noite de copo na mão a festejar connosco.

 

Venho por este meio - pois não confio nos CTT - desejar a todos um Feliz Ano Novo a todos os leitores e amigos. Que 2019 vos traga tudo o que desejam...

O espírito natalício é muito giro, mas...

pobresdospobres-600x390.gif

 

Enquanto uns se preocupam em trocar de smartphone, ou receber como presente o melhor portátil, outros preocupam-se em fazer valer o espírito do Natal. 

Eu, na noite de 24 de Dezembro, estarei na rua a ajudar e a dar o que posso aos mais desfavorecidos, na zona da Av. Almirante Reis em Lisboa. Este é para mim o verdadeiro Natal, o espírito de partilha. Para ti, que apenas te preocupas com a roupa que vais vestir na consoada. Que apenas te preocupas com o serviço de mesa que vais usar. O que é o Natal? O que fazes pelo verdadeiro espírito de ajuda? Nada, não é. Não podes, disses tu. Ainda estás a pagar ao banco as férias no Brasil. 

Não precisas de dar nada, dá a ti próprio, as mãos e os braços para trabalhar e ajuda quem mais precisa...

 

Feliz natal, onde quer que estejas.

Sapos do ano - 2018

depositphotos_53644809-stock-photo-frog-with-chris

 

 

Não podia ter melhor reconhecimento a teimosia do criador deste blog - Pedro Diniz de seu nome, infelizmente já distante de nós. Em nome dele, quero agradecer aos leitores e amigos - sei que foram muitos - que votaram no iTUGGA para blog do SAPO blogs de 2018. Sem vencedores ou vencidos, agradeço o trabalho incansável e insano da Magda e do David pelo trabalho realizado na organização de tal evento. Um grande cumprimento aos outros concorrentes da mesma categoria, em que todos somos vencedores...

 

Obrigado a todos, com  muitas prendas no sapatinho, chaminé ou debaixo do pinheiro... Feliz Natal.