Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

iTUGGA

Blog de um português...

iTUGGA

Blog de um português...

Eucaliptos - o mal maior

O eucalipto, árvore originária da Austrália, é a campeã da floresta portuguesa. À semelhança dos anos anteriores, foi a espécie mais usada em arborizações e rearborizações em Portugal no ano de 2017. De acordo com o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas foram plantados 18 mil hectares de eucalipto. Pode-se concluir que pouco se aprendeu com os incêndios de 2017.

 

Recordo que o Parlamento aprovou uma lei, depois dos fogos de Pedrógão Grande, que proibe novas plantações de eucaliptos em áreas onde estes não existiam, a partir de janeiro de 2018. Na maior parte dos casos foi feita tábua rasa da lei e plantaram-se eucaliptos em todo o lado. As atitudes são as mesmas apesar da obrigação de limpeza das matas. Compreendo que o eucalipto dê emprego a muita gente em zonas onde o desemprego é um flagelo e que dê dinheiro a alguns, mas não podemos continuar a usar a floresta desta maneira com esta árvore. Temos de encontar soluções.

 

Um dos maiores empresários de madeira de Pedrógrão Grande - Vitor Managil - afirma em público: "jamais deixarei de plantar eucaliptos, pois é dessa madeira que tiro o sustento e crio emprego numa zona em que os empregos são poucos." A luta é inglória. Quantas pessoas precisam de morrer? Quantos hectares têm de arder? Quantas casas têm de ficar reduzidas a cinzas para o governo tomar atitudes sérias e fortes em relação à "praga dos eucaliptos"? Entretanto Portugal continua a arder.... 

 
  • 8 comentários

    Comentar post