Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

iTUGGA

Blog de um português...

iTUGGA

Blog de um português...

IRA - Terroristas ou justiceiros irónicos?

ira.jpg

 

Sempre que leio a sigla IRA lembro-me do Exército Republicano Irlandês e da música dos U2 "Sunday bloody Sunday", mas desta vez escrevo acerca de outro IRA. Eu, tugga que sou, descansado neste rectângulo de terra à beira Atlântico plantado, no conforto do meu sofá, descobro que  Portugal está cheio de terroristas: primeiro, foram os membros da claque do Sporting que invadiram a academia e, agora, os terroristas do IRA (Intervenção e Resgate Animal) que resgatam animais "cute", com paus, pedras e machados. Todos eles com pinta de seguranças do "Urban".

 

A festa do costume, começou quando uma reportagem TVI de Ana Leal - sempre ao lado do sensacionalismo - expõe a organização (IRA) com ligações a movimentos nazis, dizendo que usam a violência e armas de fogo para resgatar crias de gatos e cães. Até percebo que podem ser um bando de criminosos que batem em velhinhas que se esqueceram de dar a ração ao cão. Logo, não confirmo, nem desminto.  Mas espero que a polícia investigue e os tribunais provem tais acusações. O que me meteu alguma impressão foi a clara forma tendenciosa e de má fé como a reportagem foi realizada, especialmente a parte em que mostram um vídeo do canal de YouTube do IRA e usam apenas os excertos que convém, para dar força à tese de terrorismo e associação criminosa. A questão é que goste-se ou não do propósito do IRA, a verdade é que organizações destas só existem porque as entidades competentes não actuam quando devem. Por outro lado, já pensaram na "ironia" que está por detrás aqueles vídeos?

É tudo uma tourada

Sinto-me um imbecil perante as opções da geringonça em relação à cultura. A manobra do IVA da tauromaquia é mais uma para o governo estar em todos os lados nas questões mais polémicas. É a favor, e contra. Entra na arena e bate palmas à faena, mas acha mal ser transmitido na televisão! Em que é que ficamos?

 

O outro lado da questão é mais complicado. Vejamos, se eu for ao cinema desembolso 13% em IVA do valor do bilhete; se eu me lembrar de comprar um DVD tenho de contar com 23% de imposto de valor acrescentado, mas... a ala tauromáquica do PS quer fazer descer o IVA das touradas para 6%!! O mesmo valor que pago ao comprar um livro. Estou confuso, o que é mesmo cultura?

Sporting - os vídeos de Alcochete

Foram os 15 minutos que mudaram o Sporting para sempre, do dia 15 de maio deste ano. Nos vídeos do sistema de vídeovigilância da Academia de Alcochete, agora divulgados pelo DN, enquanto um grupo de jovens invadia a Academia, vê-se Jorge Jesus em contacto com os invasores, Manuel Fernandes a vê-los passar como se nada  fosse e  escapar ileso, Frederico Varandas assiste pavidamente aos invasores, enquanto lançam tochas e danificam carros, enquanto outros apagam engenhos pirotécnicos.

 

O inusitado do caso são os elementos invasores cruzarem-se com Jorge Jesus, Manuel Fernandes e Frederico Varandas sem os agredir e até falando com eles sem problemas, sendo aliás esta, a fragilidade na acusação a Bruno de Carvalho e que está causar mal estar entre PGR e as forças de autoridade envolvidas no caso. Pelo que tem saído na imprensa. dá para perceber que foi uma invasão encomendada, só resta saber por quem... 

Junker e os ataques de "ciática"?

junker.jpg

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, foi protagonista de mais uma situação insólita. Hoje teve de abandonar uma conferência de imprensa com o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, depois de perceber que tinha calçado um sapato de cada cor. A troca estará relacionada com mais um ataque de ciática tinto? Onde estavam os assessores pagos a "preço de ouro"!?


Bruno Carvalho e a justiça

O ex-presidente do Sporting, Bruno de Carvalho está indiciado por 98 crimes - ofensa à integridade física qualificada, ameaça agravada e terrorismo, tudo relacionado com as agressões ocorridas no dia 15 de maio, na Academia de Alcochete, de que foram vítimas jogadores e equipa técnica do Sporting. O MP considera ainda que Bruno de Carvalho criou um "clima de violência" nas semanas que antecederam o ataque, deixando os jogadore com "receio pelas suas vidas". Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, Nuno Mendes ‘Mustafá’, líder da Juve Leo, e Bruno Jacinto, antigo Oficial de Ligação aos Adeptos, estão acusados, como autores morais, de 98 crimes cada. Num processo com um total de 4441 crimes. O ex-dirigente é, assim, tido como principal instigador dos acontecimentos.

 

Ontem é libertado, porque o tribunal entendeu que não havia provas "fortes" de ter cometido os 56 crimes - dos 98 - relacionados com as agressões aos jogadores do Sporting na Academia de Alcochete, pelos quais tinha sido indiciado pelo Ministério Público.

 

A justiça no seu melhor!! Parece uma brincadeira: 98 crimes incluindo terrorismo e Bruno Carvalho, assim como Nuno Mendes, vão para casa?? E os outros 42 ficam presos porquê? Será que temos uma justiça de dois pesos e duas medidas? Algo vai mal no reino de sua majestade...

Convenção do BE

No XI Convenção do Bloco de Esquerda, as principais figuras do partido insistiram no perigo que representa a “emergência rompante de populismos de extrema-direita”. Um perigo mundial prontamente exemplificado com a subida ao Poder de Trump e Bolsonaro na América e de Salvini na Europa. A curiosidade é o Bloco de Esquerda que anda a alertar para essa realidade, esquecer-se que é também ele, um partido populista autoritário, como o seu irmão e vizinho Podemos de Pablo Iglésias - um esquecimento conveniente e bem lembrado. Mas eu relembro que o populismo é uma moeda de duas faces e que o perigo decorrente do exercício do Poder por parte do populismo de esquerda também é ele  nefasto.

 

Nesta Convenção fica também evidente o sonho do Bloco de Esquerda, depois do ensaio com a “geringonça” que os deslumbrou - ainda que pela mão do PS - de entrar no Governo e na sua constituição. Um sonho bem alto para um partido populista de esquerda que apenas reclama, sem oferecer soluções. Quanto mais alto se sobe, maior é o tombo, e acreditem que o tombo desta vez vai ser grande. O melhor resultado que tiveram foi 10,19% em 2015, se o conseguirem manter, já podem festejar...

Passwords e afins

O circo mediático que se criou por causa da deputada do PSD, Emília Cerqueira ter usado a password de um colega no plenário do parlamento, faz-me recordar outras situações de partilha. Creio que a deputada Isabel Moreira partilhou o seu top coat com as colegas de bancada, o PS partilha o governo com o BE e o PCP e os militares de Tancos partilharam o acesso aos paióis…  somos um país socialista, partilhamos tudo.

Adeus amigo. Até já...

simbolo-da-cruz-crista_318-48696.jpg

 

 

Venho dar a notícia que nenhum amigo quer dar. O falecimento do autor de iTUGGA (Pedro D.), vítima de doença prolongada. Conheciamos-nos à mais de 40 anos, sendo os últimos 15 uma luta incessante contra a doença que o apoquentava. Sempre foi um lutador, mas desta vez perdeu a batalha.

 

Sempre disses-te que à terceira era de vez, e assim foi. Escreves-te por aqui até não poderes mais. O blog foi nos últimos meses a tua distracção da dor e do sofrimento silencioso, pois nenhum dos teus leitores, e são muitos, sabia do teu problema de saúde.

 

Prometi a continuação do blog que já escrevíamos juntos - Gadgetmen - assim como a continuação deste. Jamais serei tão acutilante como o tu, teimoso e de humor apurado. Não sou um especialista na matéria, mas tentarei dar o meu melhor.

 

Adeus amigo, até um dia...

 

Zé Gato (José R. S. Guedes)

As verdadeiras princesas

Layla Lester uma criança de cinco anos, com autismo, confundiu uma noiva que estava a fazer uma sessão fotográfica do seu casamento com a Cinderala, uma das princesas da Disney.

 

 

Layla desatou a correr e a chamar “Cinderela” à noiva, Olivia Spark, que reagiu como se de facto, fosse a princesa do conto de fadas, ficou à conversa com a criança durante algum tempo. A menina, que segundo a mãe não costuma falar com estranhos, "acreditou que era a Cinderela". A noiva Olivia Spark ainda mantem uma relação com a criança, chegando mesmo a abrir juntamente com a família de Layla, uma conta no GoFundMe – uma empresa de crowdfunding – para permitir à criança visitar a Disney World. Já angariaram mais de 22.000 dólares para a menina realizar o seu sonho. Ainda há esperança na humanidade...

 

Dia das bruxas

por muitos também conhecido como Dia das Mulheres Sem Maquilhagem é festejado como "Allhallow-even" desde o tempo dos Celtas...  porque esta muito celebrada festividade "norte-americana" nasceu na Irlanda e marcava o fim do verão (Samhain). 

 

Há muito desaparecida como festividade pagã, foi substituída no calendário por uma ou outra mais católica: o Dia de Todos os Santos, Dia dos Finados ou Dia dos Mortos, Dia das Bruxa e claro Halloween. Nos Estados Unidos os miúdos pedem "doces" em troca de paz, sossego e de uma porta sem marcas de vingança, por cá, pedem Pão por Deus (ou o bolinho), que acaba por ser oferendas para os petices. Tudo em nome dos mortos que erram pelo mundo... as gomas e os caramelos são para os aventureiros que andam de porta em porta de saco na mão, o resto são histórias.

 

bruxas.jpg

foto de origem desconhecida

 

A hipocrisia da "gorda do frágil"

21219168_dzWDR.jpeg

 

Margarida Martins, a conhecida "Guida gorda" porteira do Frágil e "orientadora de chamom" aos cliente conhecidos da casa - esta malta de esquerda está sempre muito à frente - e que mais tarde se demitiu da direcção da "Abraço" por ter sido responsável por um estranho défice de mais de 250 mil euros; tendo sido apanhada com vários bens valiosos da associação em sua casa, entre os quais um quadro oferecido a associação para leilão e que decorava a sua sala, é agora presidente de uma junta de freguesia lisboeta (Arroios) eleita pelo PS e com o estranho hábito de contratações por ajuste directo aos amigos do partido. Ainda como Presidente da Junta usou - sem autorização dos próprios - a fotografia de funcionários da sua Junta de Freguesia em cartazes de campanha do PS, retratando-os como desempregados vítimas da troika.

 

Como vemos a senhora é em si, um tratado de ética e moral. A última façanha de "Guida gorda" é, segundo as palavras que publicou, o desejo de cancelar o visto de residência a brasileiros que votam em Bolsorano, o candidato errado. Postura típica de quem a democracia é uma coisa maravilhosa - desde que dê o resultado que querem.

 

Não sei se é impreparação para o cargo - estranho para quem foi durante anos relações públicas -  ou pura hipocrisia, tão habitual nos polítcos portugueses, mas discriminar minorias, quando se é Presidente da junta que mais cidadões estrangeiros tem, para além de ser despota é fazer exactamente o que aponta como grande mal aos outros. "Guida gorda" é mais uma de esquerda que tem dentro de si um Bolsonaro...

A opinião pública e/ou mainstream opinativo

f696d-5.jpg

imagem: Garcon Comics

 

Segundo a opinião pública portuguesa - será que posso dizer mainstream opinativo? Não sei - Passos Coelho é um aldrabão, Sócrates um ladrão, Tancos é um caso de Mafia, Ronaldo está inocente, os chineses é que mandam nisto tudo, os bancos americanos são os donos da nossa banca e Maria Leal é uma "chula". Conclusões tiradas "a la palisse", muito por causa das crenças de cada um, e sempre baseadas na óptica dos meios de comunicação que melhor se enquadra na forma como nos apresentam o assunto. Este é o panorama geral da opinião pública do momento. No fundo são tudo suposições, que têm de ser provadas em local adquado, mas que o povo já julgou na sua "sabedoria onipotente e certeira". Basicamente são teorias da conspiração ou de defesa em formato popular. Se os resultados não são os que a opinião pública deseja, é porque o juíz é corrupto, a justiça está comprada ou a mais popular, os ricos safam-se sempre.Tudo isto independente da verdade apurada. O uso da opinião pública é assim a melhor forma de ganhar ou perder uma batalha, seja em que campo for... espero que no campo da justiça a opinião pública não seja tida em conta.

 

O pior para a verdade na opinião pública, não são as mentiras, são as convicções. Principalmente as convicções que formam a opinião pública e moldam a verdade conforme a óptica que se deseja. Esta opinião pública convicta não quer saber a verdade, quer apenas marcar posição. Resultado: a verdade não importa, o que importa é a opinião e a condenação. É aqui que a opinião pública se transforma em meio de manipulação, o mais importante, pois é ela que dá votos em dia de eleições, que dá a fama ou a tira. Por isso, surgue o lado mais negro das "alcoviteiras encartadas" e disseminadoras de factos - a manipulação da opinião pública pelos mídia e redes sociais (onde as fake news ganham cada vez mais ímpeto). Aqui, o problema não é tanto as pessoas acreditarem nas fake news, mas sim, não quererem acreditarem nas real news porque não se encaixa na convicção que apregoam. Ou seja, seguem o caminho que indicaram à manada e que está de acordo com as suas convicções.

 

Há quem julgue que pensa por si, imune aos meios de comunicação que moldam a opinião pública - alguns conseguem, mas a maioria segue o mainstream opinativo. A opinião pública é muito mais do que um conjunto de opiniões que o indivíduo pode expressar sem correr o risco de ser isolado dos restante, com o mesmo sentido e intensidade dentro da sociedade. A opinião pública é uma manada dirigida por "pastores" que sabem o caminho que o "gado" deve seguir...